As novas estátuas em Spitalfields

Olás #quarenteners!

Tudo certo por ai? por aqui tudo indo… dias desses sai pra caminhar. Sim, estamos de lockdown nacional pela terceira vez, mas podemos ter 1hora de exercicios ao ar livre. entao, saio para fazer o que mei gosto: bater perna pela cidade. andar meio que sem rumo. tirar fotos. ler placas. Observar arquitetura. Cidade com mais de 2 mil anos não me cansa!

Já fazia um bom tempo que eu não perambulava pela região de Spitalfields Market, nordeste de Londres. Adoro o clima alternativo da região e uma das minhas feiras favoritas. O market – obviamente – não está funcionando e acredito que não preciso explicar o porquê. Mas isso não tira o charme do lugar e fui lá, ver essa parte da cidade numa versão mais calma. Aí ví no noticiário que tinham instalado novas esculturas por lá. Então…

Continuar lendo

Outono em Greenwich

Olás #quarenteners!

Espero que estejam bem por aí. O Lockdown 2 aqui em Londres começou na última quinta-feira (5 de Nov) e eu estou tentando não surtar – mais do que já surtei no primeiro! – hahaha

Umas semanas antes do lockdown começar, eu aproveitei o fim de semana pra bater perna. Adoro sair pra bater perna. ❤️ Andar sem rumo. Me distraio, descubro lugares novos – ou não. As vezes bato perna por lugares conhecidos mesmo! É meio que uma terapia, sabe?!

É o caso dos parques. Não é segredo nenhum que amo os parques de Londres e sempre estou batendo ponto, vendo como eles mudam de acordo com a estação do ano.

Acho que foi no fim de semana anterior que fui bater perna em Greenwich. Lembra, o tal meridiano de Greenwich? Que a gente aprendeu na escola que divide os as linhas imaginárias de longitude, que divide os hemiférios Ocidental e Oriental? Que marca as horas? O ponto também é referência internacional para as observações astronômicas. Super vale a visita, caso esteja em Londres. ❤️ ❤️ ❤️

Enfim, estive por lá, mais uma vez e fiquei surpresa com as fotos que eu fiz. Algumas no celular, algumas com a camera. Não sou fotógrafa. Entendo pouco – apesar de ter estudado fotojornalismo no primeiro ano da facul – e pratico menos ainda. Daí a técnica vai embora! hahahaah

Mas, foi uma daquelas caminhadas em paz, sem pressa… o dia estava lindo. Frrrrrrrrio, mas com sol. E daí…

eu não acredito que eu fiz essa foto, no celular. Amor gigante, instantâneo e eterno.

Beijinhos

Cibele