St Mary’s Abbey, York

Oie!

tudo bem por ai? Bora liberar posts da viagem pra York, no norte da Inglaterra?!

Bora falar sobre a St Mary’s Abbey, a Abadia de Santa Maria, construída em 1088. Bom, na verdade hoje so restam as ruínas, mas né, história é isso. E eu que adoro uma ruína, não poderia ignorar um dos principais pontos turísticos da cidade.

As ruínas são tudo o que resta de um dos mosteiros beneditinos mais ricos e poderosos da Inglaterra e marca um período do importante da história. O mosteiro foi construído por William, O Conquistador, para reforçar seu domínio no norte da Inglaterra após 1066 e encerrada por Henrique VIII – aquele que casou 6 vezes e criou a reforma protestante para poder se divorciar – Já ouviram falam da Princesa Catarina de Aragon ou Anne Boleyn? Essas forma talvez as mais famosas.

A propriedade da abadia ocupava todo o local que hoje é conhecido como Jardins do Museu e o abade era um dos clérigos mais poderosos. Os monges passavam os dias trabalhando na administração da abadia, copiando livros, negociando com mercadores, fornecendo alimentos e suprimentos para o mosteiro, administrando as propriedades da abadia e obviamente ajudando os pobres.

As paredes de pedra da abadia foram construídas na década de 1260 e segundo a lenda, continuam sendo o conjunto de paredes da abadia mais completo do país. Eu preciso ver outras pra poder dar minha opinião ao nesse quesito! hahaha

Eles foram construídos para defender a abadia e foram usados ​​várias vezes quando a cidade e a abadia entraram em conflito com a propriedade da terra e impostos. O rei Henrique VIII proibiu todos os mosteiros da Inglaterra em 1530. Os monges de St Mary’s foram aposentados em 1540 e os edifícios da abadia foram convertidos em um palácio para o rei quando ele visitou York. ao longo dos próximos anos, a abadia que virou palácio caiu em ruínas. Chegou a ser usada até mesmo como edifícios agrícolas antes de serem escavados pela Sociedade Filosófica de Yorkshire na década de 1820.

Desde então, as ruínas são patrimônio histórico e prova real de uma história marcada por ganância. Porque né, Henrique VIII não era exatamente generoso.

O que era quintal da abadia hoje é um parque na região central da cidade. O lugar é lindo, e se voce gosta desse tipo de passeio, vale muito a pena visitar as ruínas. Dá pra ter noção da imponência da época. Assim como vale ver os jardins e toda a area verde. Tem bastante coisa legal e sempre tem atrações itinerantes por ali.

O dia que visitamos estava lindo, quente, com sol. Tinha muita gente na curtindo o dia por ali. grupos de amigos, famílias com crianças, casais, grupos de turistas com guia visitando o local… vimos até noivos celebrando num dos salões do parque. ❤️❤️❤️

É mesmo um lugar lindo!

Bjinhos,

Cibele

Um comentário sobre “St Mary’s Abbey, York

  1. Pingback: Henrietta, a coruja | Cibele Porto

Os comentários estão desativados.