E maio chegou ao fim…

E eu achei que a essa altura do campeonato já teríamos voltado ao “normal”.

Meu aniversário foi “em quarentena “ algo que nunca imaginei, mas nem por isso foi triste. E confesso que estava um tanto quanto tensa.

Parte de mim se sentia egoísta. Culpada por querer celebrar um aniversário enquanto vivemos uma pandemia louca. Enquanto milhares de pessoas perdem suas vidas, todos os dias.

Parte de mim se sentia ridícula por achar ruim estar em casa. Protegida, com comida e uma cama quentinha. Enquanto outros milhões de pessoas não tem isso.

E eu acordei no dia 27 e cortei minha franja!

O dia 27 estava lindo, quente, ensolarado e, depois de cortar minha própria franja (viva os tutorias do YT?!), ter a sala decorada de surpresa e algumas mensagens e ligações queridas, eu sai pra caminha pela cidade que eu tanto amo.

Uma cidade quase vazia pela quarentena do covid-19, mas com um tanto de gente que assim como eu não resistiu ao dia lindo.

Eu eu pensei e repensei sobre eu, a vida, minha vida e tudo o mais…

E eu percebi que sim, apesar do peso e da culpa da atual situação mundial, eu tenho razões para celebrar mais um ano. E assim o fiz…

Consegui aproveitar, curtir e comemorar. O melhor possível, dentro do possível. Com família e amigos.

O que a falta de ☀️ não faz com a gente, né?! 🤦🏻‍♀️

Como uma amiga disse “a gente encontra novos jeitos de celebrar a vida.”

Feliz Aniversário, Cibele! E que venham muitos mais. 🎉🎈🥳🥂🍾❤️✨🧿

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s