Feliz Aniversário, Cibs!

Esse ano, pela primeira vez eu não estava animada o suficiente para fazer coisa alguma para o meu aniversário. Eu procuro viajar ou algo do tipo mas esse ano decidi não fazer nada em especial.

Mas isso não significou ficar em casa vendo o dia passar. Eu ganhei de presente da Thaís (nossa flatmate) um tour pelas Banheiras Romanas de Bath e Stonehenge. Dois dos milhares de passeios disponíveis ao redor de Londres.

Adorei o presente – porque não tinha feito nenhum desses passeios – e adorei a idéia da Thaís que sabe que eu adoro bater perna e não deixou meu aniversário “passar em branco”.

Banheiras Romanas em Bath – essas banheiras de água termal foram criadas pelos romanos, há mais ou menos 2 mil anos atrás. Eles descobriram essa fonte na região e criaram um grande banheiro público| SPA e um templo em homenagem à deusa Romana Minerva. Diz a lenda que esse lugar era uma grande complexo de lazer e saúde, devido ao beneficios da água termal. Foi mais ou menos em 410 D.C que os Romanos abandonaram a Gra-Bretanha e esse SPA ficou abandonado.

Anos depois, no Século XVIII, quatro homens se juntaram para criar uma nova cidade. Pai e filho arquitetos e outros dois milhionários bancaram então a contrução de uma cidade que passaria a se chamar Bath (banheira) depois que eles encontraram esse grande complexo que estava ali abandonado há muitos anos.

A cidade hoje é conhecida por seus inúmeros SPAs por ser o único ponto do Reino Unido a ter água termal. As banheiras romanas não são mais o grande complexo de lazer e saúde, devido ao abandono do local. Muitas delas estão secas e o local hoje é um museu aberto ao público.

Stonehenge. Ahhh essas pedras misteriosas… Stonehenge deve ser o monumento pré-histórico mais famoso do mundo. Essas pedras que um dia formaram um círculo no meio do nada, até hoje intrigam gente pelo mundo todo. Elas estão ali há mais de 5 mil anos. 5 MIL ANOS!!!

É muito louco ficar olhando e pensando como foi que colocaram essas pedras lá, formando um círculo tão perfeitinho há tantos anos. E por quê? Pra quê? É muito interessante pensar que a simbologia e as teorias variam muito de acordo com as crenças religiosas das pessoas.

Fora tudo que é encontrado nas escavações na região. Afinal, o local é sítio arqueológico. Tem muita coisa rolando por ali!

Adoro as milhares de teorias que envolvem esse monumento e fiquei muito empolgada – e até emocionada – em poder ver de pertinho. Tipo, mais uma daquelas coisas que vimos nos livros de história na escola, ali, na minha frente…

Eu queria na verdade era ir lá, abraçar as pedras, mas não pode. Eles pedem pra manter distância pois qualquer vibração pode fazer que uma delas desabe. Imagina?! uma pedra dessas tem em média 25 toneladas…

Só Deus sabe o que essas pedras já vivenciaram. hahahaah

E no domingo, fomos chupar – ou comer? – sorvete e cantamos parabéns pra mim lá mesmo. Com direito à velinhas e tudo!

Enfim… a Thaís me deu um mega presentão de aniversário!